Incêndio na Sociedade Água Verde em Curitiba - Shows e Bailes

Incêndio na Sociedade Água Verde em Curitiba

Por volta das 6 horas começou um grande incêndio na Sociedade Água Verde, localizada na Avenida Iguaçu, quase esquina com a Av. República Argentina. O prédio antigo, fundado em 1905, é uma construção mista, com a fachada em alvenaria, mas a parte de trás em madeira. Quatro caminhões do Corpo de Bombeiros com 17 homens trabalharam para conter o fogo, que foi controlado por volta das 7h15, pouco mais de uma hora depois do início. (assista abaixo)

Segundo os bombeiros, não há vítimas e, até o momento, não se sabe as causas do fogo. As labaredas tomaram conta do bairro Água Verde, na divisa com o Batel. O local tem no entorno vários prédios residenciais e os bombeiros têm bastante trabalho para conter o incêndio.

Uma academia de ginástica funciona ao lado do prédio e todos que estavam no local tiveram que sair às pressas. “Eu estava chegando na academia e aquela fumaça. Pensei que fosse sereno, mas já vi gente correndo na academia pra tirar os carros da garagem. Todos saíram correndo”, disse William Boler.   “Tinha gente na academia, mas a fumaça não chegou lá dentro, só danos materiais mesmo”, disse outro frequentador. Os bombeiros utilizaram o prédio da academia para conseguir ter acesso ao prédio.

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros, Mikeil Petrus, o fogo começou num dos salões de baile. “O incêndio começou num dos salões de baile. Não há pessoas feridas e podemos dizer que quase metade do prédio foi destruída. Conseguimos controlar o fogo com rapidez e ressalto aqui o trabalho corajoso e eficiente de nossa equipe”, afirmou.   Segundo o capitão, quando os bombeiros chegaram, o fogo já era alto. “Pelo horário, imaginamos que demorou um pouco para que os vizinhos notassem o fogo e, por isso, quando chegamos, a edificação já estava bastante destruída. Mas conseguimos controlar o incêndio e agora vamos fazer o rescaldo”, disse o capitão.

Um dos representantes do clube acompanhou o trabalho dos bombeiros. “Não sabemos nada sobre o que pode ter provocado o fogo. O que posso dizer é que a parte elétrica estava tudo em ordem”, disse o responsável pelos eventos da Sociedade, Luiz Carlos Albini.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Restrito